segunda-feira, 22 de outubro de 2007

Meta

E ha tantos Objectivos que queremos antigir que quase nem damos por eles, nem damos pela sua formaçao. Formamo.los quase inconscientemente a quase todos os instantes. Queremos sempre mais, mais, mais e mais...Mais do que (o tanto) que já temos. E depois? E como comemoramos quando atingimos a meta? Com uma celebraçao momentanea, com uma felicidade roubada ao tao melancolico quotidiano. E depois volta tudo ao mesmo, voltamos a formar metas para atingir. E no fundo vivemos na constante esperança do proximo. Tal qual quando eramos pequenos. Esperavamos pelo Natal, depois pelo Carnaval, depois por uma saida á muito prometida ou uma festa de anos. E vamos assim dividindo a nossa vida (ou o que gostamos de chamar de "vida") em metas atingidas.
A diferença era que, quando eramos crianças, o sentimento de felicidade de uma festa perpetuava.se muito tempo e quando desvanecia era rapidamente substituido pela espectativa feliz da proxima ocasiao. Portanto, os tempos eram passados em total felicidade. Agora, acho que nos vamos esqecendo do quanto temos e o sentimento de felicidade nao dura mais que um dia, partindo nós a procura da proxima etapa.

Portanto gosto de parar, como numa fotografia e imortalizar o momento para que a essencia daquele estado de espirito se deixe ficar como o rasto de um perfume familiar, que nos faz sentir tao bem, em casa. Como o cheiro a Rabanadas de Natal ou protector solar no Verao. Como os acordes de uma guitarra com o calor pequenino de velas. Como o odor dos "nossos" e momentos visuais de pura felicidade.


aaaaah! Agora, descobri a minha meta final. O estado de pura felicidade. Agora só tenho que fazer como as crianças e ser feliz ao visualizar essa etapa que até pode estar tao perto!

5 rascunhos alheios:

MarieAnne disse...

e depois de alcançares a felicidade, o que vais fazer? voltar a estabelecer uma meta?*

e se em vez de corrermos até a meta, partirmos da meta?*


hay que creer en hadas e ponto final.

Xaninha disse...

E a vida é feita disso. De metas.
Não existe felicidade permanente! São as coisas menos boas que fazem aquilo a que gostamos chamar de felicidade. Não tinha piada nenhuma se elas não existissem, deixava de haver "felicidade", deixava de fazer sentido tudo o resto. As crianças são felizes porque até os momentos menos bons os aproveitam, porque sabem que a seguir vem a parte da felicidade, com o tempo os adultos vão se esquecendo disso e deixam-se dominar pot todos os momentos menos bons, e é isso que os destingue.
Depende de nós. Está tudo no interior meu anjo.


Gosto imenso imenso imenso de ti * Acima disso, admiro-te :]

anGi* disse...

meta .. tal e qal o tema da nossa festa de finalistas ! ja reparaste na quantidade d metas q ja passams desde esse dia ? e a quantidade de metas q inda qeremos alcancar ?

pois realmente sao imensas e por vezes nem temos nocao d qnt isso singifica.. estamos sim 'a procura d um novo 'fim' q nem aproveitamos ou vivemos o q temos !


it's time to let it go =)
eu sei q odeias ! esta a sair..devagarinho..


=)*

Cy disse...

A felecidade é uma utopia querida*

Mas nao podias ter mais razao em tudo aquilo que disseste, alias foi baseado num pensamento semelhante ao teu que escrevi o meu ultimo post no fotolog :b
é esquesito nao é? E depois tb ha aqueles momentos que quando os vives sabes que nunca os vais esquecer, uma especie de 'deja vu' (como agora está na moda dizer).
Enfim, acho que a maior meta (a principal) da vida é mesmo essa: aprender a viver. A felecidade é diferente para cada um de nós mas isso nao quer dizer que se torne mais ou menos facil.
Enfim, apesar de termos a diferença de um ano (suponho que sejas mais velha q eu um ano xD) somos muito novas e isto sao so 'meras' questoes da idade do armario.. vamos questionar-nos tanto tanto mas tanto que vamos chegar a conclusao que nao vale apena, quanto mais pensarmos pior é, e vamos esquecer o assunto. Eu acho que é disso que maior parte dos adultos sao feitos. De perguntas com respostas dadas mas que nao sao as respostas que eles queriam ouvir. Uns ate se contentam e tentam inventar outro conto de fadas, outros ficam com o seu quotidiano. Há sempre qualquer coisa que falta, dai a utopia.

Um beijinho granda minha loira :')
Obrigada por seres quem es sim? Sempre te tomei como exemplo pela pessoa espetacular que es, nunca mudes sim?:')
Adoro-te, beijinho grande!:'D*

sofia* disse...

Eu gost e Metas gost d ter objectivos, gostu d sentir q tou viva!!pra mim ter metas e tar viva, e pmxar q a futuro....i qndo as pessoas deixam d fazer metas e pqe simplesment perdram a vontade de viver!!
Sim, pqe a vida é uma meta, mas axu q e a unca meta da minha vida qeu n qero alcanxar e exa, pq qnd alcanxar a meta da vid e pqe tdas as outras metas acbarm!!por isso limitME a dixer q a Gnd meta que qero alcnxar é SER FELIZ E VER TDOS OS OUROS Q amo felixes....

Vontd de alcanxares METAS sim...Obxexao, NAO!!

ADWT miuda(filha lindh**)

 

Letras e Tons | Creative Commons Attribution- Noncommercial License | Dandy Dandilion Designed by Simply Fabulous Blogger Templates