domingo, 19 de abril de 2009

see you soon.

Lembras-te do que eras antes de eu te ter colhido? Eras oco, não tinhas amor para dar e não o conseguias receber. Eras a noite e estavas comfortavel no teu canto sem luz. E eu entrei mais fundo na tua vida e mostrei-te o que era teres luz na alma que não existia em ti. E eu mudei-te e moldei-te de maneira a poderes amar. E eu fiz com que andasses leve e com que confiasses.
Lembras-te do que me sussuravas, tantas vezes, no meio de todos os outros sussuros perdidos nas horas perdidas nos teus braços, que esperarias por mim, till kingdom come? Não esperaste. E agora, sussuras os mesmo sussurros noutros braços que não os meus.
Ensinei-te a amar. O feitiço virou-se contra o feiticeiro.
Lembras-te do que eu era, antes de te ter colhido? Já não sou a mesma.
(a tia Faty uma vez disse ao tio Adão:" vives muito agarrado ao passado Adao". E eu sei que a Tia tem razao, de nada nos serve agarrarmo-nos ao passado. Mas somos familia e eu saio ao tio.)

16 rascunhos alheios:

Joana Éme. disse...

eu gosto muito da see you soon.
e gosto muito do que escreveste, é tão (infelizmente) verdade.
um dia vira-se o feitiço e alguém te ensina a teres mais luz ainda, nessa tua grandiosa alma.
talvez um escuteiro, talvez o meu brigadeiro gigante ;p

Marianinha disse...

There's an ocean in your heart, You'll never be the same. (digo-te já q é a versão inglesa do Jai Ho).
Tudo acontece por uma razão, já viste como lhe trouxeste uma luz na vida? Como lhe deste um sentido diferente? Foste a luz da vida dele, agora espera que alguém seja a tua. E vai ser :)
(para já, posso ser eu! :b)
Não és a mesma, porque tens mais luz e mais força :)

amo-te minha luz *

baby piggy disse...

Confesso que me perdi no texto. Não é que não preste atenção, mas é que me perdi no vazio que está em mim, não é o vazio mau, é o de estar livre. Mas eu volto cá para ler!

disse...

fizeste muito por ele. e acho que te deves sentir bem com isso.
: )
um beijinho.

Marianinha disse...

sais ao tio e eu saio à tia :p
somos família mana! :D

ti em mim disse...

não te podes agarrar ao passado, mas não precisas de te desprender dele, basta que não deixes que ele interfira com o futuro. não deixes que isso te faça fechar as portas a outros que te queiram ensinar a amar, porque ser ensinado é bem melhor do que ter que ensinar.

muito bom o texto *

Xaninha disse...

People come into our lives for a reason, bringing something we must learn *

Eu acho que não é possível libertarmo-nos do passado completamente, mas acho que também não faz mal (: oh, tantas coisas boas que aprendeste com ele e tantas mais que ele aprendeu contigo...
Há de vir o momento em que vais encher o peito de outro alguém com toda essa luz que está mais forte do que estava antes, porque tu és assim e é por isso que eu te amo Minha menina do Sol :)
Porque tu sais ao tio Adão porque te agarras ao passado, mas não te podes esquecer é da força que tens de viver no presente e correr com ele ;)

Alexandra disse...

Há alturas em que temos de largar o passado para construir o futuro :) *

Anónimo disse...

sem saber porquê..

Tia Fati disse...

Antes de mais Parabéns pelo teu blog.
É bom saber que ainda há jovens que ocupam o seu tempo com significados de vida.
Lembra-te que do passado só devemos guardar as coisas boas sem termos necessidade de ficarmos agarrados a elas.
Um beijinho da Tia, *

Mara disse...

É o pior ensinar-mos alguém a amar e esse alguém não usar esse ensinamento em nós.

Madu disse...

concordo contigo Tani.

está muito bonito:)

Silvana disse...

é complicado...ficamos no passado ou decidimos deixa-lo no lugar dele...que é o "passado" ?

*-* gostei imenso


Tenho um pequeno "prémio" para ti no meu Blog ^^

beijinhos *

Marianinha disse...

tens um desafio no meu blog :p

Joana David disse...

Gostei muito, Tani - é só o que sei dizer.

Beijinho, *

André Santos disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
 

Letras e Tons | Creative Commons Attribution- Noncommercial License | Dandy Dandilion Designed by Simply Fabulous Blogger Templates