quinta-feira, 22 de outubro de 2009

How long?

Fim de tarde. Becca e Cath estão sentadas num banco-baloiço no terraço com uma chávena nas mãos.
BECCA. Porque e que não disseste a ninguém? Podias estar morta for all we knew!
CATH. Tu sabias que eu estava aqui, não facas disto o que não e...
BECCA. E o que e que e isto?
(Silencio. )
CATH. Não te pedi para vires.
(Pausa)
A Sara apareceu la em casa a alguns dias. Mais uma chamada de atenção, vinha com a mochila as costas e vinha para se despedir porque ia fugir de casa... Claro que não tardou muito para a Anna a vir buscar... (CATH olha para a chávena de BECCA) Mais?
BECCA. Porque e que continuamos a beber Baileys em chávenas de chá? Já não temos 15 anos e não precisamos de fazer de conta que e leite, sabes?

(CATH sorri, pega na garrafa que estava por detrás do banco e deita na chávena de BECCA)
CATH. Porque não me faz sentir uma carcaça quarentona a embebedar-se com a melhor amiga e a chorar sobre os tempos áureos. Se e que alguma vez tivemos disso.
BECCA. Que idade tem a Sara agora?
CATH. 19 acho eu. Chegou e disse-me logo "Vim para me despedir Tia." Perguntei-lhe se ia de ferias mas disse-me logo que "Vou apanhar um avião para Londres. Vou atrás do meu sonho". Claro que o meu primeiro impulso foi rir-me na cara da miúda mas ela estava tão seria que decidi leva-la para uma volta a beira-mar.
BECCA. Ela continua a achar que e actriz?
CATH. Pior. Continua a achar que e actriz e nem sequer Tchekhov sabe quem e. Desde que fez aquela brincadeira de adolescentes acha que o lugar dela e um Hollywood e que tem um sonho. Eu tinha um sonho! Tu tinhas um sonho! E o que e que fizemos? Trabalhamos como cães e um dia atingimos qualquer coisa próxima dessa sonho.
(Pausa)
Sabes o qual era o plano dela? "Ir em busca do que a vida tem para lhe dar"... Imagina, mudar de pais só porque acha que há uma estrelinha no céu a cuidar dela? Como e que ela consegue ser tão ingénua e o que eu não compreendo! Tudo bem que nunca foi particularmente inteligente mas assim tão...
BECCA. Porque e que isto te esta a afecta tanto? E miúda, deixa-a estar, desde que os pais a controlem.
CATH. (com crescente desprezo) Mas ela acha que sabe tudo na vida e eu não sei mais como lhe mostrar que a vida não e nada do que ela conhece. Aquela arrogância adolescente de caminhar como se tudo lhe pertencesse por direito. Pedem tudo de todos, porque se acham no direito de viver ao máximo. Eu não vivi ao máximo. Porque? Porque isso não existe, porque e uma ilusão criada naquelas cabeças hormonais!
(Pausa)
A meio da nossa caminhada, assim,vindo do nada, ela perguntou-me porque se eu alguma vez tinha estado apaixonada e porque e que nunca me tinha casado. Perguntou-me se não gostava de ter alguém. A insolência da rapariga! O descaramento! Claro que gostava de me ter casado! Quem não gostaria de ter companhia todos os dias. E só que... nunca... Sabes o que e que ela me respondeu? Que companhia era uma razao muito pobre para se casar. Que só se queria casar quando o homem por quem se apaixonasse perdidamente aparecesse, o homem ideal.
(Pausa)
Ela acha, ela esta inteiramente convencida que ele vai aparecer porque e o direito dela, de ser amada por um homem que não veja a vida sem ela. Eu disse-lhe que não podia pedir tanto, que no final do dia, pedir um homem que lhe fizesse companhia e a respeitasse, já seria muito. Ela olhou para mim e havia pena no olhar dela quando me disse "Não me posso contentar com tão pouco Tia. Eu sei o que o amor e. E e muito mais que pés quentes no Inverno. Para ti isso pode chegar. Eu preciso de mais".

(CATH chora e BECCA deita mais licor nas chávenas)
BECCA. Todas achamos que precisamos de mais do que realmente e necessário. A paixão e só um capricho.

4 rascunhos alheios:

F. disse...

Eu continuo a não ter palavras para estes teus textos, nem sei porque fico admirada.
Está Lindo Raio de Sol! LINDO!

Mana * disse...

dei uma gargalhada plo meio do texto, por estar a ver uma cena destas na minha cabeça. sabes, eu acho que há mesmo uma estrelinha, someone's watching over you, portanto don't be too Cath and too Sara.

it only matters how true you are, be true to yourself and follow your heart.
*

MafaldaMacedo disse...

"Todas achamos que precisamos de mais do que realmente e necessário. A paixão e só um capricho."

apaixonei-me por esta *

Anónimo disse...

letrasetons.blogspot.com is very informative. The article is very professionally written. I enjoy reading letrasetons.blogspot.com every day.
quick loan
loans

 

Letras e Tons | Creative Commons Attribution- Noncommercial License | Dandy Dandilion Designed by Simply Fabulous Blogger Templates